Projeto analisa dados do CETIC.br

Ao longo dos últimos anos os órgãos brasileiros de fomento e de pesquisa vêm investindo na realização de pesquisas de largo espectro sobre o acesso às tecnologias da comunicação e da informação e sobre os usos e apropriações destas na vida cotidiana, nas escolas e nas empresas do país. Essa iniciativa integra esforços, que já vêm sendo realizados em outros países, de produzir evidências empíricas que possam subsidiar a formulação de políticas públicas, especialmente aquelas que visam a inserção de tecnologias na escola e na prática pedagógica. Desde 2005, o Comitê Gestor da Internet no Brasil desenvolve pesquisas sobre perfil de usuários, os modos de uso e apropriações das TIC, gerando dados de abrangência nacional, com alto grau de detalhamento.

Interessado nesta temática, o GRUPEM está analisando esses dados, visando a formulação de hipóteses acerca das relações que crianças, jovens, professores e escolas estabelecem com a internet. O estudo, em andamento, tem como fonte bases consolidadas das pesquisas TIC Criança, TIC Educação e TIC Kids Online Brasil 2012, sendo estruturado em cinco eixos temáticos:

1) fatores que interferem na aprendizagem de uso seguro da Internet por crianças de 5 a 9 (base TIC Criança);
2) riscos e oportunidades na relação de crianças com a internet, comparando diferentes faixas etárias (base TIC Criança e TIC Kids Online);
3) perfis de uso do computador e da Internet pelo professor em atividades com os alunos do 5º e do 9º ano do ensino fundamental, em escolas públicas brasileiras, e sua correlação com a aprendizagem dos alunos em Leitura e Matemática, em 2011 e 2013 (bases TIC Educação; Censo Escolar; Prova Brasil e avaliações estaduais de sistemas de ensino);
4)  percepção de professores sobre os objetivos pedagógicos do uso de tecnologia na escola e relações entre apoio institucional, formação dos professores e uso de TIC na sala de aula;
5) fatores que impactam o desenvolvimento de habilidades de uso de internet pelos estudantes, em especial, as habilidades educacionais.

A pesquisa é coordenada pela professora Rosália Duarte. Integra a equipe as pesquisadoras Alícia Bonamino (PUC-Rio), Cristina Carvalho (PUC-Rio), Magda Pischetola (PUC-Rio), Rita Migliora (UNIRIO), Zena Eisenberg (PUC-Rio), Márcia Correia e Castro (doutoranda, GRUPEM). O financiamento é da FAPERJ/CNPq.

Tags:

No comments yet.

Leave a Reply